Limpeza de roupas sem água é possível?


Todo mundo já ouviu falar de lavagem a seco mas, como realmente isso funciona?

A grande diferença da lavagem a seco para a lavagem tradicional é que, diferente da lavagem tradicional, é utilizado um tipo de produto específico para a higienização do tecido de forma que sua atuação torna desnecessário o uso da água.

Além de toda a praticidade e a comodidade na forma de lavar suas roupas conseguimos também com isso evitar o desperdício de água e ainda obter uma grande economia em seu consumo.

Mas como essa ideia surgiu?

Tudo começou no ano de 1855 de forma acidental, quando o francês Jean-Baptiste Jolly dono de uma tinturaria derrubou uma lâmpada de querosene sobre uma mesa que estava ao seu lado. Jean percebeu em seguida, que a toalha da mesa havia ficado mais limpa e logo surgiu a ideia da lavagem de tecidos por meio de solventes e sem o uso excessivo de água. Mas os solventes derivados do petróleo a qual começaram a utilizar na época, eram altamente inflamáveis


trazendo grandes riscos de incêndios. Então em 1940 se deu início a substituição desses solventes e combustíveis na limpeza a seco e, logo em seguida, em 1950 começou-se a usar o percloroetileno (tetracloroetileno), muito utilizado nas maquinas de lavanderias a seco.

Acontece que este produto além de tóxico e cancerígeno ao ser humano e extremamente agressivo ao meio ambiente onde inclusive, no Brasil, tivemos um dos maiores caso de contaminação ambiental por poluentes orgânicos persistentes, o Caso Rhodia que se passou na baixada santista na década de 70.

Por isso na hora de escolher o seu produto de lavagem a seco, leia atentamente o rótulo da embalagem, procure produtos com certificado de qualidade e que sejam biodegradáveis, assim além de cuidar de você, auxilia também na proteção e preservação do meio ambiente.

A Expert Clean é assim, responsável com você e com a natureza. Saiba mais em www.expertclean.com.br e conheça o Lava Roupas Expert para lavagens a seco.

Venha ser você também um Expert da limpeza!




7 visualizações0 comentário